YOGI BHAJAN





Nascido em 1929,Yogi Bhajan tornou-se Mestre em Kundalini Yoga e Meditação aos 16 anos de idade.Mais tarde tornou-se o Mahan Tântrico(Mestre de Tantra Yoga Branco).Obteve seu Mestrado em Economia(1952) e seu Doutorado em Psicologia da Comunicação(1980). Autor de mais de 30 livros, os ensinamentos de Yogi Bhajan estão disponíveis em mais de 200 outros livros e vídeos. Eles são um tesouro de sabedoria e inspiração. Seus ensinamentos são precisos e práticos, além de universais, atraentes para todos, independente do credo, raça, país, casta ou profissão. Yogi Bhajan foi nomeado para o posto ministral único de Siri Singh Sahib de Sikh Dharma do Hemisfério Ocidental(Chefe Religioso e Autoridade Administrativa).Ele inspirou os Sikhs e os não Sikhs a viver os padrões elevados de espiritualidade, compromisso e compaixão. Ele foi o receptor de muitas distinções e manisfestações pelo seu trabalho em promover a paz, cooperação inter-religiosa, empreendimentos de negócios conscientes e estilo de vida saudável. Para alcançar e elevar todas as pessoas, Yogi Bhajan criou a Fundação 3HO(Organização Saudável, Feliz e Divina)nos Estados Unidos em 1969.  Tudo que ele compartilhou, mesmo os ensinamentos mais esotéricos, eram para promover a simples meta de alcançar a felicidade e realização espiritual para que cada um de nós pudesse viver uma vida de excelência. Um visionário, um professor, uma inspiração e um líder para milhões de pessoas, ele estabeleceu um legado que continua a servir à humanidade.  
Embora Yogi Bhajan tenha deixado sua forma física, ele pediu aos seus alunos e aqueles que o conheciam, que celebrassem seu retorno ao lar. A luz de sua essência espiritual continuará a abençoar a todos que ele amava, isto é, nada menos do que toda a raça humana.

Seu LemaSe você não pode ver Deus em tudo, não pode ver Deus em nada".
Seu credoNão é a vida que importa, mas a coragem que você traz a ela".
Seu desafio aos alunosNão me amem, amem meus ensinamentos. Tornem-se dez vezes mais grandes do que eu".


Perguntas e Respostas com YOGI BHAJAN


Pergunta: O que é Kundalini?
Resposta: É toda a energia cósmica no individual e além do individual. É a energia da consciência. Sem o constante fluxo desta energia você não poderia viver. Com um grande fluxo, sua mente começa a fluir e despertar. Você para de viver dentro de realidades imaginárias e se torna muito zeloso nas tarefas e prazeres desta vida.

Pergunta: Kundalini é perigosa?
Resposta: O dinheiro é perigoso? Ela é apenas uma energia. Kundalini é uma energia latente que pode ser usada para atingir a total consciência. A única coisa perigosa é a pessoa na qual kundalini vai subir porque ela vai ficar totalmente consciente e, portanto, não poderá ser manipulada. A Kundalini é essencial. À medida que pratica a disciplina completa ou uma kriya completa e equilibrada, não encontrará nenhuma dificuldade. Você verificará que em cada meditação e kriya de Kundalini Yoga  há sempre alguma forma de mantra, o que ajuda a canalização da energia.

Pergunta: O que acontece com as pessoas que tem grandes visões ou experiências psíquicas , ou que o corpo treme após a meditação? É a Kundalini subindo?
Resposta: Esta é uma forma de se conseguir algo.Estas alucinações, psiquismos e nervos fracos não tem significado algum. Se um estudante praticar Kundalini Yga e for muito bloqueado no alto da coluna e nas nadis prânicas, ele pode ter  uma experiência enquanto os canais são limpos. Mas isto ocorreria somente uma vez, breve e não faria nenhuma ruptura. As outras causas poderiam ser nervos mal preparados, ou se a respiração e o mantra não foi praticado. A medida real da subida de Kundalini é sua consciência da respiração e a coragem com que você enfrenta a vida. Estes flashes momentâneos nascidos da fraqueza não tem nada a ver com Kundalini.

Pergunta: O estudante de Yoga deve Ter como objetivo trazer toda a energia para dentro do cérebro?
Resposta: Não! A energia Kundalini é liberada a partir do centro do umbigo e sobe para o topo da cabeça. Quando desce para completar seu ciclo de energia, os chakras abrem completamente. Ao abrirem-se o talento de cada chakra é consolidado dentro do caráter e comportamento da pessoa. Não é bom encher a pessoa de energia que não possa ser integrada.

Pergunta: Muitos estudantes de Kundalini Yoga deixam crescer seus cabelos. Isto é necessário?
Resposta: Não. Você pode praticar sem Ter o cabelo comprido, mas o cabelo é a primeira técnica para fazer a energia Kundalini subir. Quando o cabelo tem seu comprimento natural e é enrolado em cima da fontanela anterior no homem e na fontanela posterior na mulher, ele leva a energia prânica para dentro da coluna. A força desta energia positiva descendente faz com que a energia Kundalini suba para que se obtenha o equilíbrio. Por este fato você sempre encontra graça e calma numa pessoa que nunca cortou o cabelo desde o nascimento. Atualmente o cabelo é tão importante como a palavra para a consciência, Kundalini, cujo significado é derivado de "kundal" que significa um cacho de cabelo da amada.

Pergunta: Você se refere aos chakras como centros de consciência. Poderia brevemente descrever a qualidade de cada um individualmente?
Resposta: Há sete centros nervosos no corpo e estão todos localizados na coluna. Cada um deles tem um centro projetado ou chakra. O primeiro está no reto, o segundo nos órgão sexuais, o terceiro é o centro do umbigo. Quando você contrai o reto e o órgão sexual juntos, a energia se projeta para o terceiro centro de consciência. O quarto está entre os dois mamilos e é o centro do coração. O quinto está no pescoço, o sexto entre os dois olhos, na base do nariz e o sétimo é o último e fica no topo da cabeça, correspondendo à glândula pineal. O que é um ser humano? Estes centros têm alguma correlação com o homem? Sim. Uma pessoa cuja consciência está no reto, nunca terá um relacionamento sexual correto. Uma pessoa cujo centro da consciência está no segundo centro, será um maníaco sexual ou um sádico e causará dor em sua atividade sexual. Definirá a si mesmo em termos de sexo. No terceiro centro de consciência a pessoa não pode superar a cobiça, ela pode estar no melhor nível mas quererá possuir mais coisas., quer elas sejam úteis ou não.O qurto centro de consciência é o coração, no ponto em que os mamilos e a garganta formam um triângulo. Nele a pessoa obtém o conhecimento. O quinto centro de consciência está na garganta e a pessoa poderá não falar uma linguagem floreada, mas suas palavras serão diretas e irão ao coração. No sexto centro de consciência a pessoa pode conhecer tudo à sua volta e pode ou não usar o conhecimento A glândula pituitária lhe dá grande intuição, sendo que esta pessoa pode prever os acontecimentos. O último centro de consciência, que é o centro mais elevado, a pessoa se torna extremamente humilde. Neste centro, o ego torna-se um ego universal, de tal forma que ela deixa de Ter prazer e dor. O que ela diz acontece. Este é o centro de consciência mais elevado.
Em uma meditação longa e profunda você pode saber onde sua consciência está.Ela pode ser vista e avaliada, assesorando como estão os ambientes e onde está aquilo que é importante para sua vida, conseguindo definir em que chakra está. Porém, o fato de conhecer pode não fazer nenhuma diferença. Você consegue empurrar para cima, trocar as engrenagens de uma maneira que consiga sair quando quiser? Existem três maneiras: tendo fé, olhando para seu Deus, seu ministro e tentando agir conforme ele diz. O segundo método é a meditação longa para transcender a si mesmo. Você conhece suas fraquezas, vai às raízes delas, enfrenta-as, elimina-as e, então , pode sair fora. A terceira maneira é construir uma energia e nervos tão positivamente saudáveis que a mente não pensa em nada que é negativo. Estas são as técnicas conhecidas neste mundo.

Pergunta: É possível um professor elevar a Kundalini de seus alunos, somente com sua presença?Resposta: A Kundalini pode ser estimulada diretamente por um professor, mas este não é muito um professor! Os estudantes deveriam ser preparados, então ele daria a tecnologia para que agissem por eles mesmos. Por que os alunos deveriam esperar aos pés deste mestre? Eles devriam Ter a experiência para depois poder compartilhá-la com os outros. As técnicas de Kundalini Yoga são tão potentes e belas que meu principal trabalho como um Mestre desta ciência é mantê-la embaixo e fechar o terceiro olho!

Pergunta: Um estudante de Kundalini Yoga tem que ser celibatário?
Resposta: O estudante deve ser um pai de família, exceto em casos especiais, construir uma família e cumprir as obrigações de uma sociedade espiritual. O celibato atualmente tem o significado de ser por si mesmo sem abusar de suas habilidades sexuais e regenerativas. Uma pessoa casada é por si mesma, por duas pessoas, que se misturam como uma única.Mesmo dentro do casamento sua energia sexual é respeitada e construída. Um par normal deverá ter uma relação sexual ao mês e isto deverá ser completamente satisfatório se vivenciado corretamente. Se você deseja ser celibatário, sem sexo algum, lembre-se de praticar Sat Kriya todos os dias para que possa utilizar esta energia sem enlouquecer.

Pergunta: Quando a Kundalini sobe, você entra em transe ou torna-se rígido?
Resposta: A subida de Kundalini dar-lhe-á a graça do movimento. A vida enche cada célula de tal maneira que você se torna capaz de mover-se suavemente com uma consciência de ritmo e música em todos os ambientes. A Kundalini faz a pessoa viva e graciosa e não rígida como uma espécie de morte.

Pergunta: Por que estes ensinamentos estão sendo abertos agora? Há necessidade de uma iniciação?
Resposta: As técnicas pertencem àqueles que as praticam. Elas são herança da humanidade. Eu sou apenas um carteiro com uma quantidade de cartas para entregar. Você pode abri-las, usá-las ou não, isto é problema seu. Mas o mundo está mudando rapidamente. As gerações futuras precisarão destas técnicas para estarem mentalmente saudáveis e fisicamente fortes. Todos estes ensinamentos ajudarão a humanidade em sua consciência adolescente. Estou repartindo estas técnicas não para criar professores e líderes para o futuro, mas para criar a ciência do ser total.

Pergunta: Qual é o objetivo dos cantos que fazemos? O objetivo não é o silêncio?
Resposta: O objetivo é o estado conhecido como “Anahata”. Ele é freqüentemente traduzido como o som Infinito ou estado de vibração. Cantar é a ciência para afiná-lo. É chamada a ciência da Espiritualidade de Uma Estrela.
Pense em si mesmo como um instrumento Divino, como um instrumento de cordas. Quando você toca estas cordas, todos os 30 bilhões de células do corpo vibram e dançam com elas. A vibração das cordas dá a sua forma física, mental e emocional. Imagine uma corda vibrando: ela forma um padrão no espaço sobre o tempo. Quando você vibra suas cordas de forma diferente, sua forma no mundo e sua projeção serão diferentes. Isto explica porque você é diferente. Se você tem uma forma de cubo ou esfera, seu sentido total de movimento e interação dinâmica com o mundo será diferente.
Você foi criado com 72 “surs” ou fios. Cada um domina sobre um período de 72 horas. O chakra coronári, ou lótus de mil folhas, impacta cada uma destas cordas ou canais com milhares de vibrações dobradas, uma onda de pensamentos. Ao mesmo tempo, você tem 72.000 movimentos ou impactos vibratórios que enviam energia a cada parte de seu sistema e que o criam.

A corda afinada central deste sistema é o nervo vago principal do sistema parassimpático. É chamado IK TARA - a estrela única, porque age como um diapasão para as outras cordas. Quando o canal central de shushumna, na coluna, é ativado e os dois canais de suporte laterais, ida e píngala, movem-se com ele, o sistema inteiro vibra.
Quando você canta, você pega um som Infinito, um padrão de vibração sem tempo e vasto, e o captura em palavras. Primeiro, torna-se consciente quando você falar alto e, depois, torna-se mental. Se o ritmo está correto e a concentração ao redor de seu pulso é praticada, então o sistema nervoso vibra e você simplesmente escuta.
Este estado em que seu sistema nervoso vibra o mantra sem seu esforço consciente e o mantra está sintonizado com o Infinito é o estado de “Anahata”. Neste estado, você vibra em sintonia com um padrão, além de todas as coisas criadas com o ego, além de seu sentido finito de ser ou de algum plano. Você está ligado plenamente como uma parte de Deus e de seu ser mais elevado.
Anahata traz intuição e fortalecimento interior. Dá-lhe a capacidade de estar completamente aberto e fazer o que precisa ser feito como parte única da totalidade do Ser. Este estado é pleno de alegria, verdade, compaixão e relaxamento.

O silêncio interior é o silêncio do ego. A mente agora pode vibrar silenciosamente em perfeito uníssono com o ser ilimitado. O silêncio é preenchido por Anahata.
Comece com um padrão, um mantra, que captura o padrão do Infinito como o Guru Mantra, Wahe Guru. Enquanto você canta, o sistema nervoso torna-se sintonizado e isto faz seus pensamentos moverem-se para seu ser mais elevado. Então, seu ego relaxa e o mantra é vibrado em todas as células através de todas as coisas do universo. Você vai. Você fica em verdadeiro silêncio. Neste silêncio, você pode sentir, ouvir e agir a partir do chamado de sua alma.
À medida que você aperfeiçoa um mantra ou shabd, você se torna um maestro que tira dos instrumentos alegria, cura, compaixão ou qualquer outro estado.

Pergunta: A mãe de meu marido é uma paciente terminal de câncer e eu estava ponderando qual seria a melhor maneira de ajudar nossos parentes quando esta agonizando...
Resposta: Se ela é cristã, diga-lhe para meditar na fé em Jesus Cristo e em Deus, ao mesmo tempo. Não poderia ser somente em Jesus Cristo porque tudo o que Jesus disse foi: “Medite em Deus”. Ele era um mensageiro de Deus. Diga-lhe que nesta hora ela deve meditar em Deus e rezar. Ajudará.

Pergunta: Senhor, há muitas pessoas que ajudam as pessoas que estão morrendo, explicando-lhes o que é a morte e todo o resto...

Resposta: Aqui as pessoas são ajudadas para morrer.. Na Índia, ninguém cuida disto porque todo mundo sabe que foi treinado para a morte. Aqui estamos muito na terra e é muito doloroso morrer . Morrer é apenas voltar para a Casa.

Pergunta: Como você pode ajudar alguém a ter esta consciência?
Resposta: Como podemos ajudar alguém? Eles não querem ir para Casa. Você pode dizer a eles que estão indo para Casa. Este é  um dia santo, as contas estavam pagas e ele  agora está quite, mas tem de  deixar o travesseiro, as toalhas e as malas aqui. Este é o problema. O que é estar morrendo? Se você quer apenas compreender, morrer é ir para Casa. A Casa é de onde você veio.

Pergunta: "É conveniente tirar uma soneca após a Sadhana?"
Resposta: "Imediatamente após a Sadhana é hora inclusive de tomar um sorvete. Certa ocasião, logo ao terminar a Sadhana, comi uma pizza com queijo duplo e champignon triplo; comi inteira e não dei um pedaço a ninguém. Ainda sinto, mas foi assim que fiz. Imediatamente após a Sadhana, faça o que quiser. Sadhana é Sadhana. Ao terminar a Sadhana, o dia é seu. O que é de Deus, dá-se a Deus por meio da Sadhana. Faça o que você quiser durante o dia, mas lembre-se de que quando estiver com Deus no dia seguinte, deverá estar com o coração puro e a cara limpa. Naanak te muck oojale. Muck oojale: muck significa cara; e oojale, radiante." (WIT VI 1981, p.90-91)

Pergunta: "Qual é a maior gratificação em fazer Sadhana?"
Resposta : "O maior prêmio da prática de Sadhana é que a pessoa se torna incapaz de ser vencida. Sadhana é uma vitória pessoal, é uma vitória além do tempo e do espaço. Quando você se levanta para fazer a Sadhana, você derrota uma parte de seu ser, porque você não quer levantar-se. Levantar-se é uma vitória apesar do tempo, e conseguir é uma outra vitória, apesar do espaço. Isto é o que é Sadhana. Sadhana é só para você; é uma vitória pessoal. E quando você faz Sadhana em sangat, se enriquece de múltiplas maneiras. Primeiro, o isolamento, que enlouquece qualquer pessoa, é vencido. Segundo, quando todos vocês meditam em Deus, o efeito total da sua Sadhana é multiplicado pelo número de pessoas que a fazem. Sadhana é uma resposta para qualquer desafortunado, e quem quer lhe ver em infortúnio? Sadhana não é questão de vantagens ou desvantagens. É simplesmente um modo pelo qual você por vencer todas suas misérias, infortúnios e obstáculos. É algo muito pessoal, que não concerne a ninguém, a não ser unicamente a você."
Conheço um casal, o homem está quase louco, porém ele aproxima-se da esposa sete vezes ao dia. Ela vem para a Sadhana no ashram, apesar dela ter-me dito: "Eu não acredito na Sadhana, não quero acreditar nessas coisas; eu venho aqui e fecho os olhos, não quero fazer nada, porém isso mantém meu esposo de pé e me encanta." Não há marido que ofenda à mulher que madruga para fazer Sadhana. Você pode escrever isto. Nenhum marido, por mais insensível que seja, animar-se-á a tocar uma mulher, se ele perceber, porque no momento em que você pratica algo espiritualmente mais elevado, ele fica muito cauteloso, consciente e amável. Assim, não é algo que você tem que aprender fora, mas sim criar o ritmo dentro de você. (KWTC VI 1981, p.26)

"Supõe-se que deva fazer uma avaliação pessoal todos os dias. A isto chamamos de Sadhana. Por um lado é Deus, superior a você; por outro lado é você;  e por um lado, está o demônio ou sua fraqueza. Dentre os três, você tem que avaliar a si mesmo." (WIT XI 1986, p.111)
"A vida é uma inversão com seu preço. Quando você não tem um alento de vida, compre um, mesmo que seja um só. Diga-me aonde posso comprar, e a que preço? Aquela  manhã em que você não fez Sadhana, compre-a novamente. Anda! Toda vez que não puder manejar compassivamente a situação, compre novamente esse momento." (KWTC XI 1986, p.146)
"Assim, quando nos levantamos pela manhã, a primeira coisa que fazemos é tratar de conectar-mos com Deus. Fazemos nossa Sadhana. Fazemos esse tipo de coisa para que, ao longo do dia, possamos recordar a Deus. Em cada momento de nossa vida, e ao longo de nossa completa existência, devemos lembrar que estamos com Deus, que Deus está conosco, que somos a criação de Deus e que as bençãos de Deus estão conosco." (KWTC XI 1986, p.151 e 152)
"Somos Sikhs do Guru. Nos levantamos pela manhã e fazemos nossa poderosa Sadhana. Fazemos tudo que temos de fazer. Por último, quando você termina sua meditação matinal - nós a chamamos Sadhana - (amrit vela) faça uma oração em seu Ardas, diante do Guru, para que possamos ter o poder como ele o desejou, que nosso Akal Takhat possa viver para sempre... Permita-nos estar prontos e não esquecer em nosso coração que Akal Takhat é um lugar onde nos iluminamos. É onde sentimos a honra imortal da vida." (WIT IX 1984, p. 4 e 5)
"Só a idéia de levantar-se nas horas ambrosiais da manhã já é espantosa. Bem, se não nos levantamos, sentimo-nos culpados. Se não conquistamos nada em quinze anos, ao menos temos esse sentido de consciência... o Guru tem nos guiado pela manhã para suportar a chuveirada fria e sentimo-nos elevados e ressucitados.... Então fazemos nossa Sadhana. É uma vida consciente. Disciplinamo-nos para o dia.... O Guru prometeu que cada passo que você der até ele, ele dará mil passos até você." (WIT IX 1984, p.70)

Pergunta:"É verdade que quando as pessoas estão dormindo,  durante a Sadhana pela manhã, você as põe para fazer exercícios para acordar?
Resposta: "Sim, unicamente paro, e faço com que se levantem e pulem. Eu nunca na minha vida vi gente dormindo durante a Sadhana. Se você dirige uma Sadhana, você a dirige. Como alguém pode dormir? Eu não posso me convencer de que isso aconteça. Eu tento. Eu ouço todas as suas experiências também. Que Deus os abençoe! Há de acontecer. Que tipo de Sadhana é esta em que as pessoas dormem? É belo e inspirador dizer para as pessoas que se levantem, abram os olhos e toquem seus calcanhares cem vezes. Já não voltam a dormir por três meses, ou não? Pare a Sadhana e dê a eles exercícios que os despertem, que seja tão forte que só a ameaça os despertará por anos. Por esta razão é que nós sempre presidimos a Sadhana. É responsabilidade do guia manter o fluxo do espírito. Há exercícios que estimulam o seu cérebro e irrigam o sangue ao cérebro, de modo que o nervo pneumogástrico central levará muito tempo para normalizar-se. Enquanto ele não voltar à normalidade, você não poderá dormir. Este é o trabalho do guia: vigiar para que ninguém durma.
Este exercício é ficar em virasay, postura do arqueiro por onze minutos sobre a perna esquerda e onze minutos sobre a perna direita. Depois, tente dormir!
Sadhana é Sadhana, e Sadhana é para trazer-lhe a consciência física e mental juntas. Alguns dizem que estão cansados. Não são tão afortunados para cair, mas eu sinto que é muito triste que o caminho espiritual, ao invés de inspirar as pessoas, elas comecem a criticar as outras. Isto é projetar seu ódio." (WIT II 1978)

Pergunta: "Eu tenho tido problemas com a Sadhana durante os últimos seis meses. Adormeço na mesma postura todas as manhãs."
Resposta: "Sempre que você tem problemas com a Sadhana, você é muito afortunado, porque indica que está trabalhando sobre algo. Este é o momento de sacudir o seu sistema."

Pergunta: "De que modo posso fazer isto?
Resposta: "Não há nada para saber. Somente vá através dele. Sempre que você tem algum problema com a Sadhana, a sorte lhe está sorrindo. É isto que você está buscando. Há um confronto e você pode enfrentá-lo e ir através dele."

Pergunta: "Como posso confrontá-lo?"
Resposta: "Confronte-o ao fazê-lo." (WIT V 1981, p.25)

Pergunta: O que acontece quando você está na Sadhana e alguém lhe chama para sair por alguma razão?
Resposta:  O maior efeito da Sadhana é quando você consegue acordar para fazê-la, pois o passo mais difícil é conquistado. Setenta e cinco por cento do impacto da sadhana é quando você está pronto e vai para a sadhana. O resto é brincadeira! Nós cantamos para Deus e fazemos a sadhana completa para que o camarada não fique com raiva. Eu rezo a Deus para o camarada, mesmo que ele não esteja do lado esquerdo. Eu não preciso dele. Ele está sempre do lado direito. Por que o mantenho do lado esquerdo? Ele é que diz: "Deus , você é grande" e eu digo: "Wahe Guru". É isto. Eu não agrado a Deus, Deus é que me agrada. Mas por melhor que uma mãe seja, algumas vezes ela fica brava. Então apenas diga: "Mãe, você é grande! E você a manterá na rota certa. Sadhana é um processo de auto-conquista e é onde a fortaleza mora. (WIT IV 1980,p.89)
"Se você quer ensinar Sadhana ao seu filho, quando estiver grávida faça Sadhana meditando nele. Faça por nove ou dez meses, até que nasça. Seu filho meditará desde seu primeiro dia! Você pode, mentalmente, concentrar-se nele dentro do útero, e também ensinar para ele um mantra. Eu conheço uma mulher afortunada que ensinou seu filho a pronunciar "Wahe Guru" aos 2 dias de seu nascimento, mas ela tinha meditado no mantra desde o primeiro dia. Nasceu com quase dez meses, mas já nasceu cantando "Wahe Guru". É possível, prático e não é um milagre. Às crianças, você pode ensinar. Se você pode ensinar um papagaio a acender um canhão, como não pode ensinar seus filhos a meditar? Eu não entendo. Custa um pouco de treinamento e algumas bolachas, de vez em quando." (WIT V 1981, p.25)
Sarab Loh! "Sadhana dá a você força e o sentido de si próprio, assim como designio, domínio, projeção, a combinação da polaridade, equilíbrio, respeito, totalidade, conhecimento interno e externo, pureza, dignidade, divindade e graça. Além de radiança, shakti prânico e áurico. Finalmente, ela dá a você a propriedade do metal, que é sempre brilhar, e converte-o em uma graça mentalmente viva. Esta qualidade está incorporada no aço, "loh!", o qual pode absorver todo o calor. "Sarab Loh" significa a madeira que absorve todo o frio e o calor do universo, e ainda assim permanece neutro. É isto que a Sadhana lhe dá. Quando você quiser ser generoso, faça Sadhana." (WIT V 1981, p.119 e 120)

"Um Sadhu é um ser que disciplinou a si mesmo. Sadhana é a técnica para você disciplinar-se. Aqueles que acreditam em divisão em Sadhana ainda não ultrapassaram as barreiras de sua mente e de seu ego. Eu vou mostrar um exemplo a vocâ. Não sei como você pode ser tão idiota de dizer a alguém que está fazendo Sadhana, que ela cria terríveis problemas, quando na verdade está sendo abençoado.

Sadhana é um modo específico de vida. A Sadhana é a sua Sadhana. Algumas pessoas fazem um favor à Sadhana. Eu estava discutindo com alguém que me disse: "Quando se faz Sadhana, nada nos acontece". E eu disse para ele: "Não. Quando a Sadhana acontece,  tudo lhe acontece e você se convertirá em um triunfador, um vitorioso!". Isto é o que a Sadhana lhe dá. Sadhana não lhe dá um garantia por escrito de Deus. O homem que faz Sadhana converte-se em Deus, em uma personalidade tão poderosa que pode conquistar tudo. É por isso que eu faço minha própria Sadhana. Tenho-a feito por anos. Faço-a agora. Algumas pessoas me dizem, "Você é o Mestre! Por que faz Sadhana?" Eu respondo, "Para continuar sendo um Mestre!" (Yogi Bhajan, 13 de abril de 1983, GTE tape TO8)


Um comentário: